quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

A Lei das Expectativas Frustradas

Desde que era adolescente
Tenho a teoria emergente
Que vai acabar o tormento:
De onde vem os atritos
Qual a causa raiz dos conflitos
De todo relacionamento?

Como nem tudo é perfeito
Paixão que abafa defeito
Cedo ou tarde vira pranto
Pois o parceiro, pobrezinho
Não lê pensamento vizinho
Assim é quebrado e encanto

O outro fica emburrado
Briga, xinga, faz barraco
Fala mais do que devia
E o companheiro, coitado
Só frustou, desavisado
Aquilo que nem sabia

Desejo que vai, projetado
Fora jamais avisado
Aí a coisa complica:
Não é feito o esperado
Sumariamente é condenado
Contra-argumentar só dá briga

Esse simples fundamento
Se não compreende, lamento
É plena a certeza na crença
A mãe de qualquer desavença
Apenas quatro palavras:
Lei das Expectativas Frustradas

2 comentários:

Daniella Caruso Gandra disse...

Expectativas atrapalham mesmo qualquer relacionamento, mas o que faz perder o encanto é conseguir moldar o outro do nosso jeito! Então, já foi lá no meu blog me fazer uma visitinha? www.qbonecadoll.blogspot.com Tchauzinho!!

Serge Rehem disse...

Olá Daniella, obrigado pelas visitas ao blog! E parabéns pelo seu! Andei lendo umas coisas muito legais...

Tentei comentar por lá mesmo, mas por alguma razão não consegui :(

Abraço!